top of page

Pais no exterior: Falar Português em casa pode atrapalhar o desempenho do meu filho na escola?

Ao migrar para um país que fale uma língua diferente da língua da família, alguns pais tendem a achar que precisam ajudar a criança no novo idioma para que ela tenha um bom desempenho escolar.


Isso ocorre com as melhores intenções. Os pais, por sentirem que a adaptação da criança pode ser mais leve se ela entender melhor o idioma do país e acreditarem que o bom desempenho escolar pode estar comprometido, tentam auxiliá-la no aprendizado da nova língua passando a se comunicar com a criança nesse novo idioma.


O que alguns pais acabam não considerando é que ao deixarem de falar o Português, podem acabar incentivando o abandono do idioma por completo.

Pesquisas mostram que o fato dos pais se comunicarem com seus filhos a língua predominante na sociedade não garante que eles tenham melhor desempenho escolar. Falar em outro idioma com seu filho contribuirá, porém, para que ele perca a fluência na língua da família, o Português.


Os pais podem ajudar os filhos em tarefas de casa e até ajudar a criança com alguma dúvida sobre o novo idioma, mas é preciso tomar cuidado para que isso não abra um caminho para abandonar o uso do Português. É muito importante considerar que a língua do país será predominando no dia a dia da criança e que elas, mais cedo ou mais tarde, dominarão este idioma sem dificuldades. A mente da criança é super absorvente e é só uma questão de tempo até que o novo idioma se acomode. Enquanto isso, o Português se tornará uma língua minoritária e que sem incentivo corre o risco de atrofiar ou até regredir. Por isso, a recomendação é que os pais, ao mudarem de país, foquem no incetivo do Português.


*Tem alguma dúvida sobre o tema? Deixe seu comentário ou entre em contato com a gente! Português Lúdico



19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page